17 de julho, 2024

Falar ou escrever? Comunicando com Eficácia

Cada um tem um jeito preferido de se expressar. A escolha entre uma ou outra não deveria se basear em nossas preferências, e sim no seu objetivo.

Comunicação Escrita

Na era digital, a comunicação escrita é onipresente. Seja no seu currículo, carta de apresentação ou e-mail, a escrita oferece uma plataforma para expressar pensamentos de maneira formal, ponderada e revisada. É a sua chance de demonstrar o seu melhor, construir argumentos sólidos e garantir clareza. No entanto, lembre-se de suas limitações – a escrita carece de expressões faciais e gestos, tornando-a propensa a mal-entendidos.

Comunicação Falada

A comunicação falada, por outro lado, é a essência do bate-papo, das reuniões e das entrevistas. É espontânea, emocional e pessoal. É a sua oportunidade de estabelecer conexões autênticas com os outros. Contudo, também tem desafios, como a falta de tempo para pensar, revisar e editar, tornando-a suscetível a gaguejos e lapsos.

Então, quando usar uma ou outra?

Comunicação Escrita:

  • Quando precisar de tempo para ponderar.
  • Quando tiver a oportunidade de editar.
  • Quando a formalidade for crucial.
  • Quando clareza for essencial.

Comunicação Falada:

  • Se quiser criar conexões humanas genuínas.
  • Quando autenticidade é o alvo.
  • Quando emoção é necessária.
  • Quando pessoalidade é fundamental.

Da próxima vez que você estiver prestes a enviar um e-mail ou fazer uma chamada, pare por um momento e se pergunte: qual é a melhor forma para esta situação?

Sobre o colunista

Boby Vendramin

Publicitário, empresário, colunista, entusiasta da tecnologia e professor. Oriento pessoas a dominarem o marketing com perspectiva comercial e de comportamento do consumidor.

Compartilhe

outros conteúdos

Tendências de negócios para 2024: novas oportunidades de mercado e setores em crescimento
10 dicas de atendimento ao cliente que você pode implementar agora
O poder do networking para empreendedores
Como criar um ambiente atraente na sua loja ou negócio local
Gerenciando seu tempo como empreendedor
Como aproveitar datas comemorativas para impulsionar vendas?