15 de julho, 2024

Inflação brasileira vem melhor que o esperado enquanto a americana pior

Um dos principais dados econômicos foi divulgado nesta manhã de sexta-feira (26/05/2023) a inflação norte americana, que por sua vez veio pior que o esperado. No Brasil dado da inflação que foi divulgado na tarde de ontem teve um aumento de 0,51% no mês de Maio enquanto era aguardado 0,64%. Já nos EUA era esperado um aumento de 0,3% e realizou-se 0,4% o que trouxe o sentimento de preocupação para as bolsas. Nesse momento índices americanos estão operando com uma leve alta na casa dos 0,8%, no Brasil nosso índice Ibovespa opera em alta de 1,2% e o Bitcoin operando na casa dos 0,6%.

Mas você sabe o que é e os efeitos da inflação na nossa economia?

A inflação é o aumento geral e contínuo dos preços de bens e serviços em uma economia ao longo do tempo. Ela pode ter vários efeitos, tanto positivos quanto negativos, sobre os indivíduos, empresas e a economia como um todo. Aqui estão alguns dos efeitos mais comuns da inflação:

  1. Redução do poder de compra: Com a inflação, o dinheiro perde seu valor ao longo do tempo. Isso significa que a mesma quantidade de dinheiro compra menos bens e serviços. Os consumidores experimentam uma redução no poder de compra, pois precisam gastar mais para adquirir os mesmos itens.
  2. Redistribuição de renda: A inflação pode afetar diferentes grupos de forma desigual. Normalmente, aqueles com menor renda são mais prejudicados, pois uma maior proporção de seus ganhos é gasta em itens essenciais, cujos preços podem aumentar mais rapidamente. Isso resulta em uma redistribuição da renda em favor daqueles com ativos ou investimentos que podem acompanhar a inflação.
  3. Impacto sobre os investimentos: A inflação afeta os investimentos de diversas maneiras. Por exemplo, investimentos em ativos fixos, como títulos de renda fixa, podem ter seu valor real reduzido, uma vez que a inflação diminui o poder de compra do dinheiro futuro. Por outro lado, investimentos em ativos reais, como ações ou imóveis, podem ser mais valorizados, pois seus preços tendem a aumentar com a inflação.
  4. Incerteza econômica: A inflação alta pode gerar incerteza econômica, pois dificulta a tomada de decisões de longo prazo. Empresas podem ter dificuldades em planejar investimentos, contratar pessoal ou definir preços, uma vez que os custos estão em constante aumento. Isso pode levar a uma redução na atividade econômica e no crescimento.
  5. Aumento dos custos de empréstimos: Quando há inflação, os bancos centrais tendem a elevar as taxas de juros para controlar a demanda e o aumento dos preços. Isso pode levar a um aumento dos custos dos empréstimos, tornando mais caro para as empresas e os indivíduos obter financiamento. Isso pode desacelerar o consumo e o investimento, afetando negativamente a economia.

É importante ressaltar que a inflação moderada e controlada pode ser benéfica para a economia, pois indica um certo nível de crescimento e estímulo à atividade econômica. No entanto, altas taxas de inflação podem ter impactos negativos significativos, afetando a estabilidade econômica e o bem-estar das pessoas.

Sobre o colunista

Maurício Barreto

Bacharel em Administração, investidor, professor, pagador de impostos de CNPJ, apaixonado por economia e pelo mundo dos investimentos.

Compartilhe

outros conteúdos

Celebração Antecipada: O Ano Positivo nos Mercados Financeiros e as Oportunidades Natalinas para Investidores
Semana Financeira: Otimismo e Bitcoin em Alta.
A guerra e seus impactos na bolsa
Dia de grande importância no cenário econômico global
Semana Financeira: Os Principais Destaques
Por que o Ibovespa atinge maior sequência de quedas em toda historia