23 de junho, 2024

O poder da marca pessoal nos negócios

De quem nós compramos?

Você já parou para pensar no que faz uma pessoa comprar algo? A resposta é mais simples do que parece: as pessoas compram de empresas que conhecem, gostam e confiam. É um fato inegável.

Pessoas gostam de ver pessoas

Outro ponto importante é que as pessoas gostam de ver pessoas por trás das empresas. Quem você acha que tem mais seguidores no Twitter, a Apple ou o Tim Cook? Surpreendentemente, a resposta não é a Apple. A Apple tem 9.5 milhões de seguidores, enquanto Tim Cook, 14 milhões. E olha que o Tim Cook não é conhecido pelo seu carisma.

O Poder das Pessoas

O exemplo de Elon Musk é notável. Independentemente de você gostar ou não dele, é inegável que ele atrai inúmeras oportunidades para suas empresas simplesmente sendo ele mesmo. O poder da personalidade não pode ser subestimado.

A Era da Creator Economy

Estamos vivendo na era da Creator Economy, onde as marcas pessoais são mais importantes do que nunca. Se você é um empresário e está investindo na construção da sua própria marca pessoal, você está à frente da concorrência. A marca pessoal não se trata apenas de vender mais, mas também de atrair os melhores talentos, investidores e parceiros de negócios.

 

Sobre o colunista

Boby Vendramin

Publicitário, empresário, colunista, entusiasta da tecnologia e professor. Oriento pessoas a dominarem o marketing com perspectiva comercial e de comportamento do consumidor.

Compartilhe

outros conteúdos

Tendências de negócios para 2024: novas oportunidades de mercado e setores em crescimento
10 dicas de atendimento ao cliente que você pode implementar agora
O poder do networking para empreendedores
Como criar um ambiente atraente na sua loja ou negócio local
Gerenciando seu tempo como empreendedor
Como aproveitar datas comemorativas para impulsionar vendas?