19 de junho, 2024

Por que ESG é muito mais que sustentabilidade?

Por Francisco Tramujas

O termo ESG representa três pilares fundamentais: Ambiental (Environmental), Social (Social) e Governança (Governance). Enquanto a sustentabilidade geralmente se refere principalmente a questões ambientais, o ESG abrange um escopo mais amplo, considerando não apenas as práticas ambientais, mas também os aspectos sociais e de governança corporativa.

 

Vamos explorar cada um desses pilares para entender melhor a abrangência do ESG e seu impacto na gestão atual no Brasil:

 

Ambiental (Environmental)

Sustentabilidade Ambiental: Inclui práticas relacionadas à conservação de recursos naturais, redução da pegada de carbono, gestão de resíduos, uso eficiente de energia, entre outros.

Mudanças Climáticas: Aborda a responsabilidade das empresas em lidar com as mudanças climáticas, adotando estratégias para mitigar impactos negativos e promover práticas sustentáveis.

Social (Social)

Responsabilidade Social: Envolve a promoção de práticas éticas nos negócios, respeito aos direitos humanos, diversidade e inclusão, saúde e segurança dos funcionários, e contribuição para o desenvolvimento das comunidades onde a empresa atua.

Relações Trabalhistas: Considera a qualidade das relações entre empregadores e funcionários, incluindo condições de trabalho, remuneração justa e benefícios.

Governança (Governance)

Ética nos Negócios: Inclui a adoção de práticas éticas e transparentes nos negócios, prevenção de corrupção, gestão de conflitos de interesse e divulgação de informações precisas e relevantes.

Estrutura de Controle: Refere-se à estrutura de governança corporativa da empresa, incluindo a composição do conselho, a independência dos membros, mecanismos de prestação de contas e tomada de decisões estratégicas.

O impacto do ESG na gestão em dias atuais no Brasil é significativo por várias razões:

Investimentos Sustentáveis: Investidores estão cada vez mais considerando fatores ESG ao tomar decisões de investimento. Empresas com práticas sustentáveis podem atrair mais investidores e ter melhor acesso a capital.

 

Regulações e Requisitos de Relatórios: Reguladores e órgãos governamentais estão implementando requisitos mais rigorosos em relação à divulgação de informações ESG. Empresas que não atendem a essas normas podem enfrentar consequências legais e de reputação.

 

Atratividade para Talentos: Profissionais qualificados estão buscando trabalhar em organizações que demonstram comprometimento com práticas éticas, inclusivas e sustentáveis.

 

Riscos Financeiros e Reputacionais: Empresas que não consideram aspectos ESG podem enfrentar riscos financeiros e danos à reputação, especialmente em um cenário em que os consumidores estão mais conscientes e exigentes em relação às práticas corporativas.

 

Em resumo, o ESG é um conceito mais abrangente que vai além da sustentabilidade ambiental, incorporando considerações sociais e de governança. No Brasil, a gestão voltada para esses três pilares tornou-se crucial para empresas que buscam sucesso a longo prazo, atendendo às expectativas dos stakeholders e enfrentando desafios contemporâneos.

Na B3, Bolsa de Valores do Brasil, das mais de 380 empresas apenas 30 empresas fazem parte hoje parte do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial), e se você ficou curioso para saber quais são basta clicar no link carteira ISE B3.

Carteira ISE 2029

Em um histórico das empresas que fazem parte do ISE da B3 a queda das ações das empresas que compõe este índice tende a ser menores durante os últimos anos.

#AESTiete #B2W #BancodoBrasil #Bradesco #Baskem #CCR #Cemig #Cielo #Copel #Duratex #Ecorodovias #EDP #Eletrobras #Eletropaulo #Engie #Fibra #Fleury #ItauUnibanco #Itausa #Klabin #Light #LojasAmericanas #LojasRenner #MRV #Natura #Santander #Telefonica #Tim #Vale #Weg

Sobre o colunista

Francisco Tramujas

Especialista em Planejamento estratégico com foco nas seis áreas da Gestão (Estratégia, Financeiro, Pessoas, Comercial e Marketing, Processos e Projetos).

Compartilhe

outros conteúdos

5 sinais para entender o Ponto de Esgotamento dos Canais para Manter o Giro do Estoque e o Ciclo de Recompra?
“Essa reunião poderia ter sido um e-mail?” 5 pontos que podem justificar uma reunião
Diamante Negro: O Primeiro Case de Marketing Esportivo
Entendendo a Hierarquia Corporativa: Presidente do Conselho vs. Presidente Executivo
Você dirige o seu carro sem que os instrumentos do painel estejam funcionando?
Golden Ball: sua empresa pode estar jogando fora bons clientes